5% dos adultos japoneses são viciados em jogos